Materiais para Impressão 3D – PLA

    Devido ao avanço no uso da tecnologia de impressão 3D, os materiais disponíveis para serem impressos também estão se multiplicando no mercado. Por isso mesmo, hoje iremos abordar com mais detalhes o PLA (Poliácido Lático), um dos polímeros termoplásticos mais utilizados nas impressões convencionais.

    Atualmente o PLA é usado também na engenharia, justamente por sua alta resistência mecânica. As possibilidades de aplicações desse polímero na engenharia são imensuráveis, está fortemente presente na indústria automobilística, na fabricação de protótipos, moldes e peças de reposição.

    Conhecer aspectos mais técnicos do PLA, vai te ajudar a entender quando ele deve ser usado em seus projetos, isso porque as propriedades térmicas e mecânicas dos materiais para impressão 3d variam bastante.

    Algumas características técnicas desse material

    Entender os dados a respeito do PLA é importante para seus projetos, pois a partir deles você poderá definir se ele realmente vai atender suas exigências.

    Referindo-se a sua resistência mecânica, o PLA tem uma dureza superficial excelente, suportando desgastes e atritos. Porém, sua flexibilidade é muito baixa, sendo classificado como um material pouco dúctil.

    É importante ressaltar que, este é um material propenso a variações de acordo com a umidade do ar. Portanto, quando o uso é voltado para a engenharia, é importante conhecer e considerar essa propriedade.

    Com temperatura de deformação baixa, sua resistência a temperatura é limitada, devendo-se evitar exposição ao sol ou fontes de calor superiores a 50ºC.

    Portanto é indispensável considerar esses fatores ao planejar seu projeto, a fim de identificar se o PLA é o polímero mais indicado para sua solução.

    Para projetos que precisam suportar grandes cargas estáticas em temperaturas controladas, esse material é o ideal para se utilizar. Confira abaixo algumas propriedades técnica do PLA que irão lhe ajudar na comparação com outros materiais utilizados na impressão 3d.

    É um material que acompanha a tendência sustentável

    O PLA é um material biodegradável, reciclável do ponto de vista mecânico e químico. Isso se dá devido ao fato de ser um tipo de plástico que é obtido de vegetais como milho, mandioca e cana-de-açúcar, que são fontes renováveis.

    Atualmente o PLA vem substituindo os plásticos convencionais em inúmeras aplicações, seu uso é adequado para a maioria das embalagens descartáveis, permitindo que sua utilização seja menos agressiva ao meio ambiente. Afinal, o PLA é um polímero que se decompõem rapidamente na natureza quando comparado aos plásticos convencionais.

    Porém, apesar de ser uma alternativa melhor para o meio ambiente, seu correto descarte não deixa de ser prioridade para prevenção de impactos ambientais, além de facilitar seu processo de reciclagem para manter uma economia circular sustentável.

    Custo-benefício e durabilidade

    Hoje em dia o PLA é o bioplástico mais popular na impressão de peças 3D. Atualmente existem variadas opções no mercado, para que sua impressão 3D sempre tenha a máxima qualidade e eficiência.

    Esse material é comercializado com uma grande variedade de cores em vários locais do país e do mundo. Isso possibilita sua fácil acessibilidade reduzindo seu custo de aquisição.

    Mas para atingir esse resultado, é indispensável conhecer os aspectos técnicos de cada polímero e identificar como cada um irá atuar em seu projeto, para sempre escolher o melhor de acordo com sua necessidade.

    Gostou desse conteúdo?

    Compartilhe com seu amigo que ainda não conhece sobre os materiais para impressão 3D!

    Open chat